Dicas sobre estoques



Melhore a gestão de sua loja com dicas exclusivas para papelarias.

A gestão de estoque no varejo é a procura constante do equilíbrio entre a oferta e a demanda. Esse equilíbrio, de acordo com o SEBRAE, deve ser sistematicamente apurado pelo empresário de papelaria que por meio de importantes indicadores, consegue avaliar o desempenho da operação. Alguns deles:

• CMV - Custo da Mercadoria Vendida: indica, em valores financeiros, qual foi o custo das mercadorias que saíram do estoque no mês ou em outro período analisado;

• Estoque mínimo: é a quantidade mínima para que, solicitada reposição, o novo lote chegue antes de sair a última unidade. O estoque mínimo deve ser calculado levando-se em conta o número de dias entre o período da compra e a entrega dos produtos na empresa;

• Giro dos estoques: é um indicador do número e vezes em que o capital investido em estoques é recuperado por meio das vendas. Usualmente é medido em base anual e tem a característica de representar o que aconteceu no passado;

• Cobertura dos estoques: o índice é a indicação do período de tempo que o estoque, em determinado momento, consegue cobrir as vendas futuras, sem que haja suprimento;

• Prazo médio de estoque: demonstra o tempo médio de estocagem das mercadorias.


- Para atingir melhores resultados, o empreendedor precisa, rapidamente, implantar indicadores e acompanhá-los a fim de medir o desempenho e tomar decisões que sejam assertivas para a empresa.




Fonte: revistadapapelaria.com.br
←  Anterior Proxima  → Página inicial