Livro de colorir para adultos, "O Jardim Secreto", é sucesso no Brasil




 Quando ouvimos falar de livros para colorir, o que nos vem à cabeça? Logo pensamos em crianças e livros infantis com personagens famosos e engraçados, mas, e se disséssemos que agora tem livros para adultos colorir? Não é nada impossível e, sim, é uma realidade que vem fazendo muito sucesso, principalmente o livro “O Jardim Secreto” da autora escocesa Johanna Basford. O livro ficou tão popular que já vendeu mais de 1,5 milhão de cópias no mundo todo e desse total, só em nossas terras brasileiras foram vendidas mais de 100 mil.

              Além de toda a beleza dos desenhos e o prazer de colori-los, a atividade é uma grande e poderosa arma antiestresse e ajuda a combater a ansiedade ocupando a mente e nos distraindo, o que faz evitar pensar nos problemas do dia a dia. O livro tem dominado, também, as redes sociais, onde as pessoas publicam os desenhos já coloridos e compartilham com seus amigos as suas experiências obtidas com a atividade, e além disso, tem se saído como uma boa opção para presente, sempre acompanhado com uma caixa de lápis de cor. O Jardim Secreto, atualmente, ocupa o 3º lugar no raking dos mais vendidos do ano da Publish News, perdendo apenas para “Nada a Perder”, de Edir Macedo, que ocupa o 1º lugar, e “Philia”, de Padre Marcelo, com o 2º lugar.


A arte terapeuta Deolinda Fabietti, especializada em cuidado do adulto, afirma que a pintura pode ser um canal para se expressar, ajudando a exercitar a criatividade e a alcançar maior autoconhecimento. “A arte atinge esse bem estar e traz um momento de relaxamento, que pode conduzir a um contato com seus conflitos e maneiras de lidar com eles”, diz.

Não é terapia

Apesar dos benefícios, é importante saber que não se trata de uma terapia. “O título pode gerar essa confusão, mas não é qualquer passatempo que tem os benefícios terapêuticos”, diz Deolinda. Segundo a arte terapeuta, o estímulo gerado pelos livros pode criar reações interessantes como sudorese, dormência nas pernas ou sensações de tristeza ou prazer exacerbadas, que merecem ser observadas e podem ser depois trabalhados com um terapeuta certificado.
Caso decida testar pintar, confira algumas dicas da arte terapeuta para que o momento seja bem aproveitado:

  • Escolha bem o material que vai usar para pintar;
  • Não se preocupe com a beleza estética, mas deixe que as cores cheguem naturalmente ao desenho;
  • Crie um espaço agradável para se dedicar à pintura (um lugar arejado, com música, uma bonita vista);
  • Observe reações reações que seu próprio corpo apresenta (sudorese, formigamento, batimento cardíaco, pode gerar uma reação interessante que merece ser observada);
  • Ao acabar o trabalho, se distancie e anote o que achou do trabalho, que pensamentos vieram naquele tempo, dialogue com seu trabalho;
  • Extrapole o desenho e crie a sua arte.



Fonte: epoca.globo.com
←  Anterior Proxima  → Página inicial