Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor.







 23 de abril, não é uma data qualquer, nela comemora-se o Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor, ou simplesmente o Dia Mundial do Livro. Essa data foi escolhida em homenagem a grandes ícones da literatura mundial, 23 de abril foi dia em que o mundo perdeu Garciaso de La Vega, famoso poeta espanhol; Miguel de Cervantes,escritor espanhol autor da famosa obra “Dom Quixote” e William Shakespeare, escritor inglês que deu vida à um dos maiores romances da história, “Romeu e Julieta”. Essa data foi escolhida pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura) entre 26 de outubro e 15 de novembro de 1995 durante a XXVIII Conferência Geral da UNESCO em Paris, com o intuito de encorajar as pessoas a se interessarem pela leitura e descobrir seus prazeres e conhecerem esse mundo fantástico que é o da literatura e seus autores.

O Dia Mundial do livro é comemorado em 100 países e desde 2001 a UNESCO nomeia uma cidade para ser a Capital Mundial do Livro. A cidade escolhida esse ano foi Incheon, Coréia do Sul, e em 2014 Port Hacourt, Nigéria. A primeira capital selecionada foi Madrid, na Espanha, que também foi onde se comemorou o Dia do Livro pela primeira vez no mundo, em 23 de abril de 1926, muito antes da UNESCO criar o dia Mundial do Livro. Na tradição catalã, no dia de São Jorge (23/04), costuma-se dar uma rosa para quem compra um livro. Em outros países a troca de flores por livros já se tornou tradição também. Esse dia nos dá uma oportunidade de reflexão sobre a importância do livro e da cultura transmitida por ele em nossa vida e o quão importante é deixá-lo fazer parte dela, afinal, o conhecimento e a cultura só tem a nos acrescentar e nos desenvolver cada vez mais.  
←  Anterior Proxima  → Página inicial